Comicando 002 – Mais reviews de Quadrinhos

Legal, eu gostei dessa parada de fazer reviews de quadrinhos. Tanto que dessa vez resolvi voltar um pouco ao passado e fazer uns reviews de algumas HQs que já li a algum tempo mas merecem uma menção por aqui.

Leiam e comentem, como sempre!


 

Scott Pilgrim

Scott Pilgrim – Bryan Lee O’Malley – série completa

Se hoje eu voltei a ler HQs (parei no dia que o Wolverine virou cachorro nos anos 90) é por causa dessa HQ. Quando vi o filme do Scott Pilgrim, que é supa dupa, eu tinha certeza que tinha que ler a HQ. E li e ela me preparou o terreno para vir The Walking Dead e outras revistas. Scott Pilgrim é como voltar a ser adolescente de novo, acreditar que estamos dentro de um vídeo game, ou série, ou filme ou qualquer coisa popular para nós nessa época da vida. É sentir power ups a cada achievement da vida, é ver pessoas que não gostamos como inimigos poderosos. É saber que a princesa sempre está em outro castelo. Scott Pilgrim e Ramona são o casal mais cool dos quadrinhos, leia! E veja o filme! E ouça a trilha sonora! E jogue o jogo!

Resumo: Must have! Pra falar a verdade eu não tenho elas na prateleira, fico na esperança de lançarem uma versão mais bacaninha que as que tem hoje, que é brochura.

Você compra ela aqui!


 

Os Livros da Magia

Os Livros da Magia (Edição de Luxo) – Neil Gailman – encadernado capa dura

Eu curto demais Neil Gailman. Vou confessar que nunca li Sandman, está na minha listinha (sério, essa listinha existe e está no meu Evernote), portanto posso falar do livro que li e das HQs com histórias fechadas e uma ou outra coisa. Mas ele é um cara que curte histórias meio sombrias e personagens menores. Esse Os Livros da Magia vai nessa vibe, com uma história meio sombria, alguns personagens menores e o Tim Hunter, que dizem ter inspirado o nascimento de Harry Potter. Como sempre, a arte é belíssima, com um artista para cada volume e a história é muito bacana. Um clássico.

Resumo: Clássico. Compre leia e ostente em sua prateleira. Compraria de novo fácil.

Você compra ela aqui!


 

Orquídea Negra

Orquídea Negra (Edição Definitiva) – Neil Gailman & Dave McKean – encadernado capa dura

Continuando no Neil Gailman, mais uma história com personagem menor, o público nem deve saber que essa Orquídea Negra já existia no universo DC. Com algumas participações ilustres como Monstro do Pântano, Hera Venenosa e Batman (sim Batman), é uma história muito estranha no sentido de novidade, que começa com a morte da personagem do título. Desculpa pelo spoiler mas na verdade isso está na sinopse. A arte do McKean está (na verdade é) primorosa.

Resumo: Mais um Neil Gailman para sua prateleira. Não é tão conhecido quanto o Os Livros da Magia mas para mim é igualmente clássico.

 


 

Y O Último Homem

Y o Último Homem – Brian K Vaughan & Pia Guerra – série completa

Após ter lido Scott Pilgrim e me atualizado em The Walking Dead eu ainda não estava convencido de que eu estava preparado para retornar para histórias de herói. Não os tradicionais. E garimpei reviews e blogs de quadrinhos, e achei essa pérola, que nem é tão desconhecida assim, afinal é da Vertigo: Y, O Último Homem. Uma história muito bacana em vários sentidos, tem comédia no ponto certo, tem ação no ponto certo, tem intriga no ponto certo… e tem final. Adoro ler histórias que têm final! No original são umas 60 e tantas revistas, aqui é vendido em blocos se não me engano (sim eu não tenho elas, e não vou dizer como li, apesar que você já sacou). O próprio título diz, Yorick é o último homem da terra. Ah e tem o macaquinho Ampersand que também é macho. E o resto é caos ao estilo Mad Max. E vai virar filme.

Resumo: Pra quem cansou dos Wolverines e Batmans é uma ótima leitura. Eu leria novamente fácil! Aliás eu queria muito ter várias histórias como essa para ler no lugar dos heróis de sempre.

Você compra ela aqui!


 

Jesus Rocks

Jesus Rocks – Brão Barbosa – publicação independente

Brão Barbosa é um cara bacana. Ele já até participou de um dos nossos casts (que você ouve aqui) e lá você saber mais a fundo sobre essa obra e a vida do Brão. Essa história é uma forma cool de falar de um Jesus numa linguagem moderna, é a mesma história que você já ouviu (se não ouviu, deveria) mas fazendo um paralelo com rock n roll. Curti muito pois curto muito Jesus e curto muito rock n roll. Infelizmente você não vai encontrar ela impressa para comprar, pelo menos por agora, mas você consegue ler ela no site do cara.

Resumo: Graphic novel brasileira, com uma história bacana, indie. Não tem como não curtir! Eu queria tê-la em minha prateleira, mas vou ter que me satisfazer com ela estando na prateleira da minha mente!

Você compraria ela aqui, mas dá para ler grátis no computador!


Guenta que tem mais… tanto coisas que li no passado como coisas que li recentemente. Como coisas que estou lendo no momento.

Comentários do Facebook (Disqus tá lá embaixo)

Comentários do Facebook

Gobbo

Há muito tempo atrás, numa galáxia muito distante (conhecida como Espírito Santo, no Brasil, acredite, esse lugar existe!), Gobbo perambulava por uma calçada quando, sem saber, andou em sincronia perfeita no tempo e espaço com um antigo ritual da tribo Roken Row, que despertou índios em estado inanimado em uma caverna do Téquissas, e então ele se transformou em… nada. Continuou sendo o mesmo cara, mas uma antiga profecia Roken Row diz que aquele que acionar os índios através do ritual, deve ser munido de toda cultura inútil quanto possível, para que assim ele possa fazer algo que não se sabe o que, mas que trará um grandioso resultado, que não se tem idéia. E desde então ele vem sendo observado sem notar, e tem absorvido uma quantidade absurda de informação desnecessária, tornado-o em: um cara comum qualquer que passa do seu lado e você nem nota.