Spamcast 015 – É o amor…

Amar e não ser amado, é como limpar a bunda sem ter cagado” já dizia o poeta.
O amor… é imerso nesse sentimento tão deliciosamente odioso que Gobbo, Orelha, Filipovisky e Álvaro irão divagar a respeito de suas experiências (quase sempre não sucedidas) mostrando que sim, há esperança de felicidade!

Venha conosco passear nas memórias afetivas de nossos spammers, as indas e vindas da Friendzone. Descobrir de forma prática o que é dor de corno. Se emocionar com Silvio Santos e as histórias de “volta por cima” dos nossos participantes ao encontrar (a louca) o verdadeiro amor de suas vidas.

Não deixem de conferir Patrick e Álvaro no Monomaniacos, falando sobre a websérie Street Fighter Assassin’s Fist (já não basta falar merda aqui tem que ir pra outro cast…) >>>>> monomaniacos.com.br

Ouça

Ouça o episódio no player abaixo (ou para quem quer o arquivo zipado para fugir de proxy da empresa, tá aí também):

Reproduzir

 

Se só clicar em download não começar a baixar, tenta clicar o botão direito do mouse e selecionar Salvar link como, ou algo parecido…

Comentados no episódio

Filmes
Nick and Norah’s infinite playlist
Amour
Wall.E
Paperman

Salvamento heroico de Orelha no shopping 

Trilhas do episódio

Cartola – Alegria
Faichecleres – Bajulações
Frankie Valli and The 4 Seasons – Can’t Take My Eyes off You (Filipoviski dedica à aquela que mereça)
John Paul Young – Love Is In The Air
Louis Armstrong – La Vie en Rose
Los hermanos – Pierrot
Mamonas Assassinas – Ser corno ou não ser
Matanza – Ela Roubou Meu Caminhão
Moldy Peaches – Anyone Else But You (Gobbo dedica à Aline [mesmo ela não gostando])
Moreira da Silva – Na Subida Do Morro
Sarah Brightman e José Carreras – Amigos para Sempre
Smash Mouth – Why Can’t We Be Friends
The Beatles – Eight Days A Week (Orelha dedica à Amanda)
The Bees – A Minha Menina
U2 – One (Álvaro dedica à Edineia) 

Contatos

Álvaro: @alvaro0105
Gobbo: @aagobbo
Leandrilson: @Le_Spamcast
Filipovisky: @Filipovisky
PatrickOrelha: @PatrickSpamcast
SpamCast: @spam_cast no Tuíter e SpamCast no Face

Feeds
 – Ouça, assine e faça um review cheio de estrelinhas no iTunes!
 – Assine nosso feed RSS!!!

Comentários do Facebook (Disqus tá lá embaixo)

Comentários do Facebook

Leandro

Nascido e criado em um dos ambientes mais inóspitos do planeta. Ele lutou para não se corromper em um lugar onde o medo, a morte e um odor putrefato selecionavam os indivíduos mais aptos a subir (ou descer) um degrau na cadeia alimentar. A granja de codornas foi um verdadeiro teste de coragem, onde lidando com animais perigosos e com pouco senso de higiene, teve que sobreviver coletando fezes e ovos… muitas vezes com as próprias mãos!!! Depois de um plano audacioso que envolvia uma faculdade de publicidade e 40 toneladas de dinamite, ele conseguiu escapar e deixou para trás esse lado negro (e fedido) da sua vida. Mas mesmo hoje, com sua família e seu império da comunicação, há algo que ele faz questão de não esquecer: comprar ovos de codorna para salada!

  • Muito emocionante a historia do Patrick Orelha, na boa, vc é o cara véi kkk, parabens pelo ato de proteção
    Muitas emoções neste cast

    • PatrickOrelha

      Valeu bro….espere então o cast de dia dos pais…vais ser um xororô só…

    • O que o sogro dele não sabe é… como ele tropeçou aquela hora! kkk sacanagem… o Patrick é meu herói tb.

  • Alex Rocha

    Muito bom o cast. Nunca ri tanto com vocês.

    Tenho um episódio, nem tanto de friend zone, mas de não conseguir chegar perto mesmo. Passei um ano inteiro tentando me aproximar de uma garota na época do ensino médio. Eu estava no 3o e ela no 1o. Eu sempre fui muito frouxo pra chegar em mulher. PQP!!

    E pior que tenho quase certeza de que ela só esperou a oportunidade de eu me aproximar. Em alguns casos, dava a entender. Ou eu estava me iludindo com isso hehehe. Digo porque tinha um cara que rondava ela, mas só quando eu me formei, que eles assumiram o namoro no ano seguinte. Pior que ele sabia que eu gostava dela e não ia com a minha cara. Fiquei sabendo até que ele queria me bater.

    Por ironia do destino, dois anos depois, quando eu já tinha desencanado, saiu a lista de aprovados no vestibular. Além do meu nome, estava o dele e o dela, aprovados para a mesma turma de Ciências Contábeis. Ela acabou desistindo porque passou pra outro curso, mas eu estudei com ele. No fim das contas, vi que ele era gente boa pra caramba. Ah, ele não estava mais com ela.

    Com ela acabei trocando ideias nesse mesmo período, mas só na amizade mesmo. Rimos muito sobre o meu cagaço de chegar junto.

    Mas como todo nerd que se preze, tem que ter uma história dessas pra contar.

    Abraço, galera!

    • Bacana Alex, eu não pude participar de “voz” presente mas acompanhei a saga desses malucos durante a edição.
      Pra ser honesto eu não tive esse monte de problema com mulher. Sempre tive facilidade em prosear com elas, mesmo mais novo, talvez pq eu perdi o meu pai muito cedo e minhas maiores referências na criação foram minha mãe e minha vó. Isso ajudou a excluir alguns vícios masculinos de abordagem que, por motivo da idade e inexperiência, emulamos com total fracasso quando, nós homens, somos mais jovens.
      Porém essa dádiva da criação por mulheres carrega alguns efeitos colaterais: quando eu comecei a “namorar”, o que se resumia a alguns selinhos e uma semana de mãos dadas na escola com a menina, eu ficava com aquela sensação de apego e compaixão que dava uma falsa impressão de amor eterno pra ela, muitas vezes eu já estava enjoado de olhar pra cara, ou pintava uma mais ajeitadinha, mas tinha muita dó de abandonar. O que me mostrou que isso só endoidava mais a coisas. Conforme ficava mais velho, aprendi a administrar melhor esse tipo de sentimento, me machucar menos, mas principalmente não gerar expectativa nos outros. E ao contrário do que o Gobbo disse, eu botei muita mina relativamente bonita, na friendzone. Sim… sou babaca kkkk

      • PatrickOrelha

        Falou hein ô Brad Pitt de Mogi…

        • Renan Souza

          Cara.. vc tem um lance ai mal resolvido com o Brad Pitt né? É algum fetiche seu??

          • kkkk isso msm Renan, Patrick… como eu disse em outra rede. Não é questão de beleza e sim de aproche!

          • PatrickOrelha

            Faleu hein ô Zé Bonitinho de Mogi…

  • Renan Souza

    Parabéns galera do Spam cast!, Nunca ouvi tantas histórias hilárias juntas sobre “amor”! E parabéns em especial para o Patrick, pois na minha opinião de merda, ele merece um troféu “Loser in Love” pelos velhos tempos.. kkkk Eu nunca estive em uma Friend Zone, pelo menos não do lado ruim.. Já estive do lado oposto, pois era tanto amigo da garota, que realmente não achava que ela gostava de mim, embora todos os meus amigos já terem me dito isso. Anos depois, após tanta encheção de saco, foi e fiz a pergunta pra ela.. Fulana, o ciclano disse que vc gosta de mim, é verdade?? Já sabem a resposta né.. e pior.. mesmo assim não rolou nada, pois a considera muito amiga mesmo, e não queria correr o risco de perder a amizade dela, até foi isso que eu disse na época para ela, e ao contrario do que foi dito no cast, garotas bonitas ficam na friend zone SIM. Pois vários dos meus outros amigos, disseram que se eu não ficasse com ela, iriam ficar. Conclusão, algum tempo depois ela começou a namorar outra pessoa, e ai passou pela minha cabeça ficar com ela.. mas já era tarde. kkkk Por um lado foi bom, pois não tem aquele lance de quando se ver, lembrar de coisas do passado e etc.. Então a amizade permaneceu. Sobre pedir pra namorar, tenho a sorte de minha primeira namorada, ser a minha esposa, comecei a namorar aos 14/15 anos e hoje já temos 10 anos juntos! o lance é que após muito insistência da minha parte, consegui convence-la a ir na casa dos pais delas pedir pra namorar. O problema é que estava tão nervoso no dia e afobado, que logo quando entrei tinha um homem sentado no sofá, e já fui logo falando: “Olha, eu queria dizer que gosto muito da sua filha, e queria pedir pro Sr. deixasse eu namorar com ela…” quando fui interrompido pelo homem que disse: “Não filho, eu não sou pai dela não” kkkkkkk imagina só a cena né.. Vergonha total, pois o pai dela ainda não havia chegado do serviço ainda. O bom é que quando ele chegou já tinha treinado com o tio dela kkkk Essas histórias são segredos de estado, então, por favor não mostrem para mais ninguém!

    • CTRL + C indo pro face fazer CTRL + V

      • Renan Souza

        Ta maluko Oh… Fala isso nem brincando.. como que deleta comentários???

        • PatrickOrelha

          Caiu na net ja era amigo! Já tenho o print screen aqui salvo em 3 lugares diferentes, se não rolar 5 segundos de jabá do SpamCast em TODOS os vídeos do 2CasteMeio daqui pra frente, ja sabe…

          • Renan Souza

            Falando em jaba, estou aguardo o cheque de vcs ser compensado na minha conta. Não saiu do status de saldo a confirmar. vcs estão depositando mesmo?

        • bobiou, dançou Renan
          Dependendo de como foi a situação, o tio dela poderia ter treinado também a parte do pai, em ti dar uma surra, ou falar um NÃO bem grande pra vc kkk você deu sorte:P

          • Renan Souza

            kkk Não cara.. O foda é que estava na sala eu, o irmão dela, a mãe dela, ela e o tio. Então achei que a família já estava reunida kkkk E já fui logo falando.. depois de alguns segundos de silencio, gargalhadas e mais gargalhadas na minha cara kkkk Fazer o que .. é a vida..

          • Que barra hein?! kkkk Mas parabéns pelo ato

  • PatrickOrelha

    Pô galera, eu me abri, compartilhei o meu coração com vocês..tudo na esperança de alguém ter sido mais derrotado do que eu e postar suas hitorias piores nos comentarios….mas ate agora nada…por favor, não me deixem sozinho….

    • Renan Souza

      Patrick Forever Alone nas histórias de derrotas! kkk

  • Robson Martins

    caramba heim! que sinistro essa historia do shopping. quando o Patrick começou a falar sobre sentira algo molhado nas calça eu achei que ele tinha se borrado todo!!!

    • PatrickOrelha

      hahaha esse depoimento foi cortado…

    • Willian Lopes

      se fosse eu tinha me cagado todo

  • Filipe De La Fuente Teixeira

    Eu tomei coragem e ouvi esse cast. E o pior que eu gostei, nossa, que edição maravilhosa, palmas para o nosso editor.
    Destaque total para as histórias do Patrick e para as participações do Sílvio e do Lombardi…
    Aliás, vocês sabem quem é o Lombardi?

  • Meu nome é Antonio

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk muito bom o cast parabens

  • Willian Lopes

    Mandei pra guria, não sei se ela vai ouvir até o final haha.

    • PatrickOrelha

      HAHAHAHAHHAA!! Muito bom..Guest!

    • Boa sorte… não sei qual é o contexto mas espero que te ajude de alguma forma!

  • Willian Lopes

    Mandei pra guria, só não sei ela vai ouvir até o final, haha

    • Adriano Gobbo

      E aí? Deu certo?

  • Pingback: Chutando Bundas com Carlos Voltor: Heróis de Verdade()

  • OLucasConrado

    Fracassos amorosos! Esse podcast é um resumo da minha vida! Espero um dia encontrar uma esposa que valha todo o sofrimento anterior, tal qual aconteceu com um de vocês! E PQP, que história tensa a do cara com a arma no shopping! (se não foi no shopping, desculpem, ouvi ontem pouco antes de dormir! heheheheh)

    Meus fracassos amorosos podem ser organizados pelo nome da garota, lugar que ela mora, cronologia, entre outros. Por exemplo, minha primeira “namoradinha” surgiu quando eu tinha 10 anos. Eu morava em São Paulo e ela em Goiânia. Quando ela se mudou pra São Paulo, eu me mudei pro Rio. Ah, e nosso “namoro” era andar pelo condomínio na praia onde nos conhecemos, nos sentarmos e conversarmos. Acho que a primeira vez que nos abraçamos foi quando nos reencontramos, 3 anos depois de nos conhecermos.

    Mas vou contar a história mais marcante. Eu estava no primeiro ano do ensino médio e já morava no Rio. Tinha 15 anos. Era um nerd tímido e sem o menor jeito com mulheres. Entrou na sala uma menina de Brasília (devo ter algo com garotas do Centro Oeste). Me apaixonei por ela. Aí um cara me disse que ia me ajudar a conquistá-la. Acreditei.

    Passaram-se uns dois meses, chego na escola e pego os dois sozinhos na sala. Ele me leva até a porta e manda “esquece ela que eu tô pegando ela”. Filho da puta! Começou a namorar a menina. No mesmo fatídico dia, ele estava no pátio da escola a abraçando. Olhou pra mim e sorriu.

    Hoje, olhando pra trás, ODEIO minhas lembranças do ensino médio. Tanto que as enterrei e falo pouco sobre essa época sombria da minha vida… Acho que a merda toda começou nesse dia.

    É isso! Abração a todos!

    Lucas Conrado
    25 anos
    Jornalista e podcaster do Papo di Minero
    Rio de Janeiro

    • Hahahaha valeu pelo comentarios Lucas!! Continue firme que Deus ajuda os corno!! Grande abraço cara!!

    • E ai Lucas… Faço parte da pesquisa de satisfação dos ouvintes do Spamcast e gostaria de saber… Como tá tú? Continua ouvindo o cast? Tá vivo? Se estiver, compartilhe a sua opinião com a gente nos episódios! Vai deixar a galera bastante feliz e empolgada! Valeu cara.

  • Gustavo Costa

    Patrick, a menina que peguei era a sua paixão na adolescência? Mas precisava sofrer três anos em segredo? rsrs Eu disse que gostava nos primeiros dias e depois foi só partir para o abraço.

  • Pingback: SPAMCAST 021 – MADE IN JAPAN: NOSTALGIA NIPÔNICA - SpamCast()

  • Gustavo Costa

    Gobbo, você acha que precisa o cara ser galã para pegar ou deixar de pegar? rsrs Mulher ama com os ouvidos. Quem ama com os olhos somos nós, homens. Um feio com lábia sempre dá bem. O tenso é o cara ser feio e ainda ser tímido, como nosso buddy Patrick. 🙂

  • Warley Nunes

    “EI MOLEQUE FDP (Pai ), PARE DE ASSOVIAR, MINHA FILHA NÃO É CACHORRA, TOCA O INTERFONE!”(O que ele realmente falou), kkk rí até chorar litros e encher baldes! kkkk

    No máximo o que uma mãe furiosa me perguntou CERTA VEZ foi “O QUE VOCÊ QUER COM A MINHA FILHA?”, A mãe da menina me Odiava kkk

  • Warley Nunes

    “EI MOLEQUE FDP (Pai ), PARE DE ASSOVIAR, MINHA FILHA NÃO É CACHORRA, TOCA O INTERFONE!”(O que ele realmente falou), kkk rí até chorar litros e encher baldes! kkkk

    No máximo o que uma mãe furiosa me perguntou CERTA VEZ foi “O QUE VOCÊ QUER COM A MINHA FILHA?”, A mãe da menina me Odiava kkk

    • E ai Warley… Faço parte da pesquisa de satisfação dos ouvintes do Spamcast e gostaria de saber… Como tá tú? Continua ouvindo o cast? Tá vivo? Se estiver, compartilhe a sua opinião com a gente nos episódios! Vai deixar a galera bastante feliz e empolgada! Valeu cara.