Zerei + um #002 – The Walking Dead: Season Two

E ai galera! bem vindos! Hora de falar do fantástico jogo The Walking Dead: Season Two

Eu adoro The Walking Dead. Acompanho os quadrinhos, acho muito maneiro e em todo final de revista fico ansioso pela próxima. Tenho um carinho especial por elas, afinal as hqs são a mídia original desse universo. Assisto a série (que foi meu primeiro contato com a trama), gosto bastante e mesmo com alguns deslizes acredito que ela consegue aprofundar a relação entre personagens melhor que os quadrinhos. Mas estou aqui para falar do jogo, e das três mídias, é a única em que eu participo da história, e me sinto completamente inserido nesse mundo pós apocalítico zumbizístico catastrófico, e isso meus amigos, é simplesmente sensacional.

Confesso que quando comecei a jogar a primeira temporada fiquei meio perdido e só pensava algo tipo “que parada é essa em que eu mais assisto do que jogo”, mas não demorou muito até entender a proposta e mergulhar de cabeça no mundinho. Quem já jogou sabe bem do que estou falando (thank you captain obvious). Escolher respostas, lidar com a consequência delas, tomar decisões desde as mais simples até as mais importantes, como por exemplo, “salvar essa pessoa que eu gosto tanto?, ou essa que eu não gosto tanto assim, mas ajuda muito mais na sobrevivência do grupo?”. É como a série, porém você esta ali, e participa ativamente da construção da história. Independente das escolhas feitas e dos rumos que as coisas tomam, o final da primeira temporada deixa qualquer um boquiaberto, e maluco pra continuar.

Na segunda temporada, ao invés de Lee Everett você está na pele da jovem Clementine, e aí já começa a grande questão. Uma garota de 11 anos, tendo que viver no meio daquele terror e tomar decisões que nem um adulto poderia. E acompanhar a evolução da personagem em meio a isso tudo se torna um vício. Após encontrar um novo grupo de sobreviventes, é um verdadeiro desafio confiar nas pessoas certas, mentir quando necessário, entender o que se passa na cabeça de cada um, e principalmente analisar quem está ali para te ajudar e quem quer que você se ferre.

Como o jogo é bem recente, não quero dar spoillers e isso limita bastante o que posso dizer aqui. Melhor deixarmos isso para os comentários. O que posso dizer é que o reencontro com um personagem conhecido acontece, porém ele está mudado. Ficar do lado dele ou do novo grupo se torna algo que realmente deixa o jogador arrancando os cabelos ao longo da trama e no momento em que é preciso tomar essa decisão, acontece o clímax da segunda temporada. Isso possibilita alguns finais com ramificações diferentes e agora fica a pergunta. Como a Telltale vai fazer para administrar isso na próxima temporada? Haverá mais de um jogo? Haverá apenas um jogo direcionado a porcentagem maior dos jogadores que fizerem um determinado final? Haverá um jogo nos possibilitando seguir qualquer linha de final?

Comentem aí galera, e por favor, avisem no início do comentário se o mesmo contém spoiller.

Álvaro Xavier

Leia o texto anterior sobre Batman: Arkham Asylum

Leia o próximo texto sobre Street Figther II Turbo

Comentários do Facebook (Disqus tá lá embaixo)

Comentários do Facebook

Álvaro Xavier

Após sobreviver a uma infância horrorosa sem Rede Manchete e nem videogames em casa, conseguiu aprender a tocar violão, montar uma banda e chegar a vida adulta com alguma bagagem cultural. O sucesso nos palcos (da sua cidade) além de dinheiro, lhe trouxe o abandono de vários empregos e a possibilidade de se tornar o maior colecionador de consoles e games do seu condomínio. Descoberto nos confins da internet por Patrick Orelha, se tornou estagiário do SpamCast em 2014 e agora enfim faz parte da podosfera numa tentativa desesperada de tornar sua vida patética um pouco mais interessante. Prato preferido: Batata Frita, Ovo Fito e SPAM frito!

  • Adriano Gobbo

    Excelente jogo. De chorar no final. Quase.

  • Eu joguei o primeiro ep e achei sensacional, mas posso falar mais nada pq sem querer lí a última linha do post e fiquei com medo de ter spoilers no texto. Então não lí, mas o Álvaro é o um cara muito legal.

    • Álvaro Xavier

      Esse texto não contém Spoiller nem da primeira nem da segunda temporada, pode ler sem medo. E o Patrick é que é legal!

  • Pingback: Zerei + um #003 - Street Fighter II Turbo()

  • Pingback: Zerei + um #001 - Batman: Arkham Asylum - SpamCast()