SpamCast 044 – Shows da Vida

No SpamCast de hoje, Alex, Álvaro, Fillipovisky e Leandro vão relembrar suas histórias de Shows.

Neste episódio você vai descobrir que só curtir a música nem sempre é o que dá pra fazer em meio a multidão. Dá pra empreender, invadir o palco, se surpreender com bandas novas e até ter um gosto musical duvidoso.

Coloque os seus fones de ouvido e divirta-se com mais uma sessão de histórias de Shows hilárias dos spammers.

Ouça o episódio no player abaixo (ou para quem quer o arquivo zipado para fugir de proxy da empresa, tá aí também):

Reproduzir

Se só clicar em download não começar a baixar, tenta clicar o botão direito do mouse e selecionar Salvar link como, ou algo parecido…

TRILHAS:

Rush – Tom Sawyer (live)
Iron Maiden – The Wicker Man (Live at Rock in rio)
Raimundos – Cachorrinha
Engenheiros do Hawaii – A Montanha (ao vivo)
Skoopa – Jhonny
Pânico – Macacaralho (Macacaraio)
Jota Quest – Sempre Assim
Shaman – Here I Am
Ondas Curtas/Nucleum – Mundo Escuro
Deftones – My Own Summer
O Surto – A Cera
Plebe Rude – Até Quando Esperar
Deep Purple – Perfect Strangers
The White Stripes – Seven Nation Army
Leela – Pequenas Caixas
Paul McCartney – Live And Let Die
Edu Falaschi – Pegasus Fantasy
Metallica – The Ecstasy of Gold/The Call of Ktulu
Yngwie Malmsteen – Gimme! Gimme! Gimme!
Raimundos – Baile Funky (ao vivo)
AC/DC – Rock N Roll Train (live)

Você encontra a trilha quase toda também nesta playlist do Spotify clicando aqui…

CITADOS NO CAST:

Foto do Bono tirada pelo Álvaro
Banda do Álvaro
Ariana Arcu & Scorpions
Corda do Digão arrebentando


Faça parte desse papo deixando aqui o seu comentário!

Contatos

Gobbo: @aagobbo
Leandro: @Le_Spamcast
Filipovisky: @Filipovisky
Alex: @Alexrocha4
Álvaro: @alvaro0105

Comentários do Facebook (Disqus tá lá embaixo)

Comentários do Facebook

Leandro

Nascido e criado em um dos ambientes mais inóspitos do planeta. Ele lutou para não se corromper em um lugar onde o medo, a morte e um odor putrefato selecionavam os indivíduos mais aptos a subir (ou descer) um degrau na cadeia alimentar. A granja de codornas foi um verdadeiro teste de coragem, onde lidando com animais perigosos e com pouco senso de higiene, teve que sobreviver coletando fezes e ovos… muitas vezes com as próprias mãos!!! Depois de um plano audacioso que envolvia uma faculdade de publicidade e 40 toneladas de dinamite, ele conseguiu escapar e deixou para trás esse lado negro (e fedido) da sua vida. Mas mesmo hoje, com sua família e seu império da comunicação, há algo que ele faz questão de não esquecer: comprar ovos de codorna para salada!

  • Julio Matos

    Fala galera do Spamcast, beleza?
    Que show de episódio em, muito nostálgico,divertido e também frustrante pelos shows que perdemos. E falando nisso compartilho com a história do Alex em ralação ao show da The White Stripes, passei pela mesma coisa. Mas depois disso foi só alegria, Manaus entrou definitivamente na rota de shows internacionais de Rock e Heavy metal, só esse ano já passou por aqui Exodus,Accept,Sinister e em junho tem Napalm Death. difícil é ter grana pra ir em todos esses show. E os vacilos nos show sempre existem tipo beber tanto a ponte de não conseguir ver o show,fazer um Stage Diving e ninguém te segurar, estar ali apenas querendo curti o show e ser empurrado para um roda punk. Tudo isso é muito bom. Obrigado por esse episódio maravilindo, até a próxima. forte abraço

    • Alex Rocha

      Fala Julio! A minha esperança é que com a Arena da Amazônia, os shows internacionais na cidade sejam mais frequentes. Afinal, aquilo tem que se pagar um dia.

      Valeu pelo comentário!

    • Valeu pelo coments Julião!!! Manaus realmente virou um itinerário alternativo pros artistas. Acho que o músico q se compromete com o seu trabalho e quer sentir a vibe do país onde vai tocar tem que passar por aí. Abraço cara!

    • Lembro que no auge das spice girls elas fizeram um show aí, foi não? Rs

  • Paula Machado – SJDR/MG

    Buenas amigos Spammers!

    Excelente episódio… ótimas histórias de (quase) shows …
    Sem dúvidas, shows rendem as melhores lembranças… já fui a alguns… poucos e bons… (a aversão a multidões me faz pensar muito antes de topar ir a um show…)
    Pra encurtar o textão, vou listar um “Top 5” dos melhores shows que já assisti…
    5º) Milton Nascimento;
    4º) Teatro Mágico;
    3º) Matanza;
    2º) Oficina G3;
    1º) Engenheiros do Hawaii (Turnê Acústico MTV) e Pouca Vogal [não consigo decidir qual foi melhor…].

    Tenho ótimas lembranças de Shows como Capital Inicial, que assisti com meu mano; Alceu Valença, o show mais animado que já presenciei; Sá e Guarabira, que me lembro ouvir em casa, desde pequena, cujo show tive a chance de assistir nas comemorações dos 300 anos de “São José Dotô”… sem contar os inúmeros “shows” de rock que já fui pra apoiar as bandas de garagem dos amigos, bater cabelo e cair na porrada nos moshs… Creio que Recitais e Concertos não possam ser classificados como shows, mas tbm tenho ótimas lembranças de alguns deles…

    Encerrando por aqui… forte abraço pra todos vocês…

    P.S.: Sobre as recomendações: os DVDs dos shows dos Engenheiros do Hawaii, principalmente os dois acústicos… e o excelente Insular, de Humberto Gessinger…
    P.S.2: Listar os 5 melhores me fez perceber que sou mais eclética do que pensava…

    P.S.3: Concordo com o Alex… qdo Engenheiros entrou em hiato, 1Berto parece ter se libertado do ‘persona gaúcho ranzinza’… percebi a mudança a partir das Twitcams que ele fazia, mensalmente, durante pouco mais de um ano… acho que a abertura para a interação com os fãs o tenha feito perceber a admiração que era dedicada a ele…

    P.S.4: Até eu tô com a sensação que conheço a banda Skoppa… inclusive, desconfio que tenha conhecido a banda através do “Made in Garage” da Rádio Rocks…

    • Alex Rocha

      Olha… Pode ser do “Made in Garage” mesmo. Pode ser…

      Abraço, Paula!!!

    • E ai Paulinha! Nem vou falar muita coisa aqui pq vc já ocupou um bom pedaço da página aqui kkkkkk Sacanagem… Valeu Paula, como sempre estará presente em nossa leitura. Abração!

    • Milton e Matanza… Na mesma lista… Interessante…

  • Alex Adriano Cita

    E ae galera do Spam.. Muito bom o episódio, alguns dos shows que mais gosto de ver, ainda que por DVD são os do Pink Floyd, mas também gosto de outros estilos, tem um do Lenine (Acustico MTV) muito bom, do Ultraje (Tb MTV) e até um do The Corrs (Unplugged 93 – instrumental foda em alguns momentos), enfim, de música é complicado falar, por que é uma coisa que gosto muito. Fico frustrado quando lembro do show do Humberto Gessinger de 2013 que o Alex mencionou, na ocasião eu estava em Maringá, mas estava trabalhando (trabalhei um período a noite naquela época) – música triste nesse momento por favor kkkk… É isso. Fiquem em Paz, até

    • Valeu Alex!!! Shows memoráveis esses aí hein!? Como o Betão ainda tá na estrada, acho que você ainda pode ter a oportunidade! Obrigado mais uma vez por comentar.

    • Dois spammers em um nome só… Que beleza!

  • Bruno Trajano

    Salve pessoas Sapamicas”!! Gues Who back”?
    Então, Falar para vocês, muito bom esse episodio viu!
    Vou compartilhar alguns “fatos” da minha vida, em relação a shows:
    Em todos os shows que eu já fui, sempre alguem derrama uma “cachaça” em mim. Aproveito para listar alguns shows que eu já fui: Victor e Leo – alguem derramou meio copo de cerveja na minha camisa e no meus pés. Show do Biquini Cavadão – alguem derramou um bocado de uma cachaça qualquer em mim. Show do Raça Negra e da Wanessa Camargo – adivihem o que aconteceu?. Vale falar que nesse show da Wanessa, rolou o boato aqui na minha cidade ( cidadezinha pequena) que nem era a Wanessa no palco, porque a moça tava com um visual pra lá de estranho e a voz não convenceu,( cabelo loiro imitando afro, fica aquele volume altão sabe, fora que ao vivo a voz da moça vai pro saco…) BEm claro que foram só boatos que correram entre os mais “ignorantes”. E antes que eu me extenda de mais, complemento aqui, que não tenho saco pra me deslocar longas distancias para me juntar a um aglomerado de pessoas enorme para tentar curtir algum show. Sou um perfeito antisocial e preguiçoso nisso, pois prefiro e muito assistir em casa no computador os Shows, onde não sentirei o mau cheiro do suor dos outros, nem o empurra empurra nem mesmo me cansarei de ficar em pé.
    Fica a dica final do show da Adele – Live in New York. É incrivel pois ela vai conversando com a audiencia e fala palvrão, e chora. Enfim é demais!
    Dia desses faço lista de indicações de bandas e shows muito maneiros, como o do Twenty one Pilots aqui no Brasil. Foi de mais!

    • Valeu “O bem Trajado” Bruno. Cara, desconfio que deva ter muito show por esse Brasilzão de meu Deus que tenha os fake rolando. Tipo quando tinha os Jaspion nos circos por aí kkkk. Boa dica de show. Apesar de não ser um dos meus artistas favoritos, eu curto esse lance de entrega. Pode ser que eu curta esse da Adele tb. Abração cara e obrigado por comentar… não some não!

    • Cara, testar ir em um show infantil pra ver se não te jogam cachaça. Se jogarem te diria que o problema é VOCÊ! kkkk

      • Bruno Trajano

        Testarei, obrigado pela grande mostra de sabedoria Gobbo!!